A leitura do texto “A nova divisão internacional do mundo” do Márcio Pochmann em seu blog no site da Revista Fórum me convenceu que o, ao contrário do afirma o Deputado Aldo Rebelo, a preservação do meio ambiente não deve ser um empiçilho para o desenvolvimento do País. O Brasil pode e deve fazer a diferença quando se fala em padrão de desenvolvimento e não copiar o modelo falido da Europa e EUA.

Segundo Pochmann: “(…) tripé da nova expansão econômica global consiste na alteração da partilha do mundo derivada do policentrismo, associado à plena revolução da base técnico-científica da produção e do padrão de consumo sustentável ambientalmente”.

Neste sentido, o Brasil pode buscar o seu desenvolvimento sustentável, mas com uma nova lógica que engloba matriz energética, proteção de áreas naturais, pagamentos por serviços ambientais, investindo em ciência e tecnologia…Esta será a nova ordem econômica.

Leia o texto completo do Márcio Pochmann Aqui

Anúncios