O sistema de monitoramento por satélite Deter, do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), detectou um aumento de ao menos 27% no desmatamento na Amazônia de agosto de 2010 a abril em comparação ao período anterior.

Os números podem ser ainda maiores, porque o sistema de detecção é ágil, mas não registra todo o desmate. É o que o editor de Ciência, Reinaldo José Lopes, e o repórter João Carlos Magalhães explicam no vídeo acima.

Os jornalistas ainda afirmam que a destruição, que cresceu 473% em março e em abril deste ano em relação a esses meses de 2010, coloca em risco os compromissos assumidos pelo Brasil perante a comunidade internacional em relação à Amazônia.

Videocast da Folha Online.

EcoDebate, 20/05/2011

Anúncios