“Requilombô todo o povo, requilombô toda a gente”
Aí um dia me perguntaram: “Por que tem o dia da consciência negra, e não tem o dia da consciência branca?”Ora por que todo dia é o dia da consciência branca ainda precisa pontuar? É a mesma coisa do dia das mulheres, só faz sentido dentro de uma sociedade sexista, se a sociedade não fosse sexista não faria o menor sentido ter o dia das mulheres, todo dia é dia da mulher, todo dia é dia de todo mundo…

A idéia de você racializar o discurso não é para tomar uma oposição em relação ao branco, mas sim a idéia de que eu, quando digo que sou negro, assumo a minha ascendência, a minha história e estou disposto a construir o reino da diversidade… E ao mesmo tempo estar diante mestiçagem, mas a mestiçagem como reino da diversidade e não com uma idéia de que nós temos uma ascendência que precisa ser maquiada. Da diversidade real, não da fantasia. É como se você tirasse a máscara da “democracia racial” e, por trás dela, tivesse um Brasil verdadeiro e aí sim, diverso,ai sim  mestiço. Mas mestiço neste sentido, não no sentido de ”vamos todos nos tornar cada vez mais brancos.” Você pode ser democrático, você pode ser diverso, mas sem abdicar de sua ascendência.

“Eu escutei um zum zum zum por aí,ouvi dizer que muita gente é Zumbi.”
Por isso datas como o 20 de novembro, são tão importantes. Porque unge-se um herói negro que se coloca como fonte da história.Aí você retira a idéia de que a abolição foi uma benesse do Estado Monárquico e traz a consciência de que o negro fez a história. ZUMBI!

“Requilombou todo o povo, requilombou toda a gente”  (Refrão)
Mas agora  a  gente  precisa avançar,porque os heróis somos todos nós Os heróis somos todos nós
Os heróis somos todos nós
Os heróis que  sobrevivem no dia-a-dia
Os heróis somos todos nós
E não um herói que vai nos levar ao caminho da liberdade.
Os heróis somos todos nós
E cabe a nós não passarmos adiante a inferioridade
Os heróis somos todos nós
Cabe a nós retiramos o esteriótipo
e trazemos a  identidade.
Isso é democrático. Ser agente da sua própria história.Se auto representar.
Isso é democrático . Se auto representar
Isso é realmente democrátco.
É ter a seguinte postura: sou negro sim, sou brasileiro, quero meus direitos e não estou tirando nada de ninguém. Não estou dizendo que branco é ruim, é pior, eu não estou dizendo nada disso, estou dizendo: sou negro, tenho orgulho de ser negro e quero meus direitos, como cidadão brasileiro.
Os heróis somos todos nós
Os heróis somos todos nós
Eu não preciso me integrar a sociedade
Eu sou a sociedade!

Música Zumbi Requilombo, da Frente 3 de Fevereiro

Ouça esta música no site da frente

Veja um ensaio fotográfico do show da Frente

Leia sobre a Frente mais neste blog: Consciência Negra…

Razões para banir o conceito de raça da medicina brasileira