Parece que ser cético do aquecimento global não está rendendo mesmo muitos frutos. Um de seus expoentes, o dinamarquês Bjorn Lomborg, conhecido pelo livro com o sugestivo título de “O Ambientalista Cético” e pelas palestras que confere mundo afora atacando cientistas climáticos e fazendo graça com o problema, aparentemente, mudou de lado.

Em seu novo livro, prometido para o mês que vem, Lomborg não só assume as mudanças climáticas como um dos temas prioritários na agenda social e política do mundo como anunciará que, para combatê-las, prevê gastos mundiais da ordem de dezenas de bilhões de dólares ao ano.

Entre os investimentos que o outrora cético propõe fazer com este dinheiro estão pesquisa e desenvolvimento de energias limpas, como eólica e solar. Quem diria?

A notícia está no jornal The Guardian.

Fonte: Greenpeace

Anúncios