Este ano participei muito pouco do Festival de Inverno por causa de uma disciplina que estou fazendo em um parque no norte de Minas. Apesar disto, o que senti no ano passado deve ser semelhante ao que as pessoas que trabalharam no Festival deste ano estão sentindo. Este dia é sempre muito interessante, por causa do mix de sentimentos que a gente sente.

* A nostalgia, com lembranças dos festivais passados;

* Saudade, do que aconteceu nos dias do Festival, apesar de serem tão recentes, já deixam marcas;

* Esperança, já pensando o que acontecerá no próximo festival;

* Tristeza, pois o Festival está acabando e aquele clima de extrema riqueza cultural perderá seu vigor; e,

* Alegria, uma inexplicável alegria que faz disparar o coração.

Comentei isto com várias pessoas, mas sempre é interessante reforçar.

Gostaria também de dizer que estes dias que passei em Ouro Preto e Mariana foram especialmente bons. Gostei muito te ter conhecido tantas pessoas maravilhosas, que já considero minhas amigas, e por ter revisto muitas outras que conheço de longa data.

Quero pedir desculpas, como o pessoal do campo fala: “desculpe por alguma coisa”. Seria bom poder dizer que se não me lembro de alguma coisa é porque isto não aconteceu, mas confiando nos relatos que ouvi e em algumas fotos que vi, fica meio difícil dizer isto.

Depois deste Festival estou mais convencido de que: Ouro Preto é um lugar mágico.

Forte Abraço

Anúncios