Resposta ao texto Se não fossem índios (http://migre.me/mjf2)

Realmente um absurdo, num País que todos são tratados de forma igual, ou seja, todos com acesso à saúde, educação e segurança… Dar vantagens a Índios? Povo sem cultura, não como a nossa, que baseada em tecnologia e na conversão de florestas em pasto, exibe a sua grande “inteligência”…

O parágrafo anterior é uma triste brincadeira minha, mas muita gente realmente acredita em idéias desse tipo!

É evidente que a comercialização de artesanato com partes de animais deve ser evitada, tanto por motivos éticos quanto pela sustentabilidade das populações animais. Agora, tendo uma visão humanista da coisa, e não ecocentrista, o que fazer quando não se tem meios de viver, de ter o que comer? Entrar na economia de mercado… Rá! Não é questão de entrar na economia ou não entrar, é uma questão de sobrevivência, de não ter outra saída.

Daí alguém pergunta, porque não plantam (já que caçar não é adequado para a sustentabilidade das espécies animais, ao ver do branco civilizado)? Simples, destruímos suas terras, sua cultura, transmitimos doenças às quais os índios não têm resistência. Apesar disto, boa parte da Amazônia esta protegida sobre o domínio de indígenas e eles tem muito a nos ensinar, porque conseguiram por muito tempo conviver de modo sustentável com a natureza.

Uma dúvida. O que é mais perigoso para a conservação das espécies animais? O artesanato ou a derrubada da floresta para a produção de soja ou criação de gado?

Bom, tomando um partido claro, pois tenho poucos detalhes da situação denunciada aqui, minha critica consiste em questionar a idéia do “biólogo autoritário” e uma arrogância do anti-humanismo.

Meus caros, sou biólogo, trabalho com ecologia e nem por isso deixo de colocar as pessoas em primeiro lugar. É fácil questionar se é válido matar um animal e fazer artesanato com ele quando estamos sem fome, confortáveis em casa. Precisamos conhecer a realidade deste grupo de índios para assim realmente tomar partido. É uma questão de bom-senso, tem-se que analisar a situação de cada envolvido e assim ter uma opinião formada sobre o assunto.

Anúncios