Leia mais: Meninas de 12 países reproduziram o discurso mais famoso de Malala; assista ao vídeo

No próximo mês de julho de 2015 realiza-se o 3º Congresso Internacional de Educação Ambiental dos Países e Comunidades de Língua Portuguesa, que decorrerá na Torreira, Murtosa – Portugal.

O Congresso é organizado numa parceria entre a Associação Portuguesa de Educação Ambiental, a Fábrica Centro Ciência Viva da Universidade de Aveiro e a Câmara Municipal da Murtosa.

Leia o resto deste post »

capa_numero7O número 7 da Revista da SBEnBio reúne os trabalhos apresentados no V Enebio.

Publicado exclusivamente em formato eletrônico, este número traz um arquivo com a apresentação e os créditos da Revista seguido pelos arquivos dos artigos organizados em ordem alfabética de autor principal.

Há também um sistema de buscas para localizar artigos com base em autor, título, palavra-chave ou resumo.

http://www.sbenbio.org.br/blog/revista-sbenbio-edicao-7/

Valdir Lamim-Guedes, Carlos Junior Gontijo-Rosa

 REVISTA DO EDICC (UNICAMP), V. 2, N. 2 (2014).

Resumo: Neste texto, apresentamos alguns aspectos da nossa atuação junto às disciplinas do curso de Licenciatura em Química da Universidade Nacional de Timor-Leste (UNTL): Português Específico e Química Geral, durante o primeiro semestre de 2012. Além da alfabetização científica, abordamos a educação ambiental para proporcionar melhorias na formação dos nossos alunos, indo além do conteúdo em si. Durante as aulas, eram lidos e debatidos textos sobre problemas ambientais que afetam a comunidade timorense e fazem parte do cotidiano dos alunos, ou processos científicos de descoberta relacionadas à Química. Durante os debates, foi dado destaque às fontes de informações científicas, sua obtenção e testabilidade. Ao fim do período, foi possível discutir de forma mais concreta com os alunos a importância que eles poderão ter para o desenvolvimento do Timor-Leste, através da troca de opiniões dos alunos com os professores em sala de aula. Com isto, estimulamos a opinião crítica dos estudantes, essencial para o amadurecimento da recém-estabelecida democracia timorense.

Palavras-Chave: Divulgação científica; Cooperação internacional; Empoderamento.

Texto CompletoPDF

Valdir Lamim-Guedes

REVISTA DO EDICC (UNICAMP), V. 2, N. 2 (2014).

Resumo: Alfabetização científica é a obtenção de conhecimentos científicos e tecnológicos, usado para resolver problemas e tomar decisões, incluindo compreensão das complexas relações entre ciência e sociedade. Um fato corriqueiro pode ter visão científica se compreendido a partir do corpus de conhecimento existente. Além disto, é um fator determinante para o exercício da democracia, ao contribuir para que as pessoas sejam críticas, inclusive entendendo o uso inadequado de informações supostamente científicas para justificar comportamentos discriminatórios ou de exploração financeira realizados por líderes religiosos.

Palavras-chave: Divulgação Científica; Evidências Científicas; Empoderamento; Religião; Homofobia.

Texto CompletoPDF

Bookmark and Share

Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 1.314 outros seguidores

Categorias

E-mail

dirguedes@yahoo.com.br

Mensagens recentes no Twitter

Current CO2 level in the atmosphere

População Mundial

Já somos 7 bilhões! Clique na figura e veja a população atual.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.314 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: